Convenção Coletiva 2018

Novamente, muito difícil e sem avanços mais uma rodada de negociação com o sindicato patronal. O que não foi novidade, em virtude da reforma trabalhista em vigor.

Os empregadores continuam com um posicionamento inaceitável, querendo reduzir condições consagradas em convenções anteriormente:

Redução do triênio, modificações na estabilidade da gestante e alterações nas regras de homologações no sindicato são algumas das exigências patronais.

A Federação e seus sindicatos filiados conclamam toda a categoria para participar da campanha em seus locais de trabalho. A participação intensa ajudará nos avanços da construção de uma convenção favorável aos trabalhadores, observado que vigora atualmente a prerrogativa do “negociado” sobre o “legislado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *